FRASE

"O que é escrito sem esforço é lido sem prazer." (Samuel Jonhson).

23 de jul de 2016

QUESTÃO DE CONCURSO (119)


Gabarito: letra (b).

Ensina o mestre Décio Sena:

1ª passagem: “ainda que alguns o considerem”

A expressão “o e-mail” funciona sintaticamente como objeto direto da forma verbal “considerem”. O pronome indicado para substituí-lo, então, é “o”. Por sua vez, a presença do pronome indefinido “alguns” acarreta obrigatória próclise pronominal.

2ª passagem: “ou mesmo lhe atribuam”

Desta vez, a expressão “ao e-mail” exerce papel sintático de objeto indireto. Assim o pronome oblíquo que promove sua acertada representação é “lhe”, que, por força do advérbio “mesmo”, novamente surgirá em próclise obrigatória.

3ª passagem: “que costumam caracterizá-lo”

Temos em “em que costumam caracterizar o e-mail”, locução verbal cujo verbo principal – “caracterizar”, no caso, tem regência transitiva direta. Novamente, recorremos ao pronome oblíquo “o”, com o intuito de promovermos a substituição do objeto direto “o e-mail”. Apesar de a referida locução verbal estar antecedida por pronome relativo, vocábulo que impõe a próclise quando estamos com formas verbais simples, a ênclise ao verbo principal da locução verbal é posição válida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário